terça-feira, 21 de agosto de 2012

Nova Iguaçu terá aeromóvel

20/08/2012 - Revista Ferroviária

A cidade de Nova Iguaçu, na Baixada Fluminense, terá um sistema de aeromóvel, com 4,5 km de extensão, ligando o bairro de Cabuçu ao Centro. O projeto foi aprovado pelo Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) - Mobilidade Grandes Cidades, que contempla cidades com população acima de 700 mil habitantes. Nova Iguaçu receberá do governo federal uma verba de R$ 252 milhões para viabilizar o projeto. De acordo com o engenheiro e coordenador dos Projetos Especiais da prefeitura, Fernando MacDowell, um quilômetro do aeromóvel custa em média R$ 35 milhões, enquanto para construir um quilômetro do metrô são necessários R$ 540 milhões.

A construção, administração, operação, manutenção e exploração comercial para a implantação do aeromóvel ficarão a cargo da iniciativa privada. Está previsto também, no mesmo edital, a revitalização do aeródromo do município. A concorrência está aberta e as empresas têm até o dia 10 de setembro para enviar as propostas. A vencedora será a empresa que apresentar o pagamento de maior valor de outorga para o município. O sistema ficará a cargo da iniciativa privada durante 25 anos. “Já temos 37 empresas interessadas no empreendimento, que retiraram o edital”, afirma McDowell.

Depois da assinatura do contrato, que deve ocorrer ainda neste ano, a empresa vencedora terá um ano e oito meses para concluir as obras e iniciar as operações comerciais. Ao todo, serão adquiridos 13 veículos, que têm capacidade de transportar 272 passageiros por unidade.

Tecnologia 100% nacional

O aeromóvel foi desenvolvido no Brasil e usa tecnologia 100% nacional. Desenvolvido pelo Grupo Coester, de São Leopoldo (RS), o Aeromovel é um meio de transporte automatizado sobre trilhos, em via elevada, que utiliza veículos leves, não motorizados. Sua propulsão é pneumática – o ar é soprado por ventiladores industriais de alta eficiência energética, por meio de um duto localizado dentro da via elevada. O vento empurra uma aleta (semelhante a uma vela de barco) fixada por uma haste ao veículo, que se movimenta sobre rodas de aço em trilhos.

O primeiro sistema, que está sendo implantado no Brasil, é o da Trensurb, em Porto Alegre (RS), que ligará a Estação Aeroporto ao Terminal 1 do Aeroporto Internacional Salgado Filho. A linha terá 998 metros de extensão e deve ser concluída no final deste ano.

Nenhum comentário:

Postar um comentário